As vantagens de ter avós presentes

Atualizado: 6 de abr.


A relação entre avós e netos atualmente é mais longa. Com o aumento da expectativa de vida, gerações diferentes estão vivendo juntas por mais tempo. As relações intergeracionais - incluindo as relações entre avós e netos - não permanecem apenas na infância mas estendem-se pela vida adulta. As relações entre gerações são importantes na socialização, na promoção de apoio mas também podem ter tensões.


Nos meus atendimentos, o tema família sempre está presente. Percebo que os expatriados encontram o desafio de administrar as emoções da distância, de manter o contato com suas origens e com a família. Entre os desafios familiares está criar e manter as relações entre netos e avós.


Uma boa relação avós e netos é benéfica para ambos. Para os netos, pesquisas comprovam que as crianças desenvolvem maior bondade, generosidade, com menos ansiedade e menos chances de depressão no futuro. Também pode contribuir para um bom desempenho escolar da criança, fortalecer a autoestima, desenvolver a inteligência emocional e a capacidade de fazer ou manter amigos.


Para os avós, participar na vida dos netos traz benefícios à saúde mental . Há pesquisas que comprovam que cuidar dos netos pode dar aos mais velhos uma sensação de significado, identidade e finalidade, especialmente quando eles já deixaram de trabalhar.


Claro que esse benefícios acontecem em relações familiares cuidadosas e respeitosas. Esse é o primeiro passo. Para nós, expatriados, ainda fica um outro desafio: como criar e manter uma relação entre avós e netos quando eles moram em diferentes países?


Os pais devem incentivar ao máximo o contato e o vínculo entre seus filhos e os avós. Para os que moram longe é importante falar com mais regularidade, usando as tecnologias de comunicação em vídeo por exemplo, incentivar que as crianças aprendam o idioma dos avós para que possam comunicar-se sem a necessidade de intermediários, e tentar fazer mais visitas, quando isso é possível.


A partir dos estudos do pesquisador James S. Bates sobre os efeitos dos avós em suas famílias, selecionei os seguintes tópicos que os avós mesmo a distância podem influenciar na vida de seus netos.

  • Montar uma árvore genealógica: ajudam os netos a entender e interpretar a história da família. Contam quem foram os avós dos avós, o que faziam, de onde vieram, assim por diante.

  • Mentores: ensinam e transmitem conhecimento da vida e habilidades práticas quando estão juntos.

  • Espiritual: oferecem conforto, encorajamento e conselhos.

  • Caráter: se esforçam para nutrir e dar forma ao caráter e à personalidade de seus netos, para que se tornem membros éticos e responsáveis na vida em sociedade.

  • Identidade familiar: encoraja fortes relações familiares e comportamentos interpessoais apropriados entre os membros da família.

  • Investimento: ajudam netos a se tornarem financeiramente autossuficientes na idade adulta.

Se você é uma avó ou avô expatriado, pode usar essas lista para estar mais ativo na vida de seus netos. E se você é expatriado e quer que seus filhos tenham contato com os avós, pode você mesmo usar essa lista como uma inspiração e estimular essas interações entre os avós e seus filhos.



Link para o artigo no qual este foi inspirado:

https://academic.oup.com/gerontologist/article/56/3/408/2605571?login=false

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo